Tese de Doutorado

Autoria: Nilmar Figueiredo de Souza

Início: 2018
Término: –

Presente em diversos aspectos na vida dos seres humanos, o design através de sua manifestação em objetos e imagens, contribui para que os indivíduos se afirmem dentro de grupos sociais e culturais. Nesse contexto, faz-se necessário o melhor entendimento das possibilidades de associações entre aspectos físicos (adornos), culturais simbólicos e a sua entrada no processo de resgate de valores. A presente proposta de projeto busca investigar a função do design e da estética do objeto, como ferramenta junto ao movimento negro na busca pelo empoderamento para ressignificação do indivíduo negro na sociedade contemporânea brasileira. O conceito de empoderamento e ressignificação torna-se o fio condutor desta análise, onde além do cabelo, signo de negritude, outros adornos de origem africana como: joias, objetos, estampas e cores, deixam de ser elementos negativos e se ressignificam na diáspora como impulsor do enfrentamento ao racismo na busca pela equidade, ao assumir a função de ferramenta para afirmação da raça no país. Desse modo, a pesquisa buscará entender, de forma complementar, que o resgate da origem étnica dos africanos trazidos para o Brasil ressurge na contemporaneidade, como um signo de apropriação da negritude brasileira, anteriormente negado e silenciado pelo padrão eurocêntrico de beleza.